31 de dez de 2016

2016 o ano que a Mídia dividiu o Brasil


Não sou coxinha nem mortadela estou mais para um bife com ovo,strogonoff de frango ou um bife a parmegiana, claro acompanhado de um belo prato de arroz e feijão .
Muitas divisões regionais do território brasileiro já foram estabelecidas ao longo da história, atualmente está em vigor a divisão estabelecida no ano de 1970, que é composta por cinco Regiões:
Centro-Oeste é os estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e pelo Distrito Federal , com 1.604.850 km², 18,8%do território , a população de 14.258.098 habitantes, cuja densidade demográfica é de 8,7 habitantes por quilômetro quadrado.
Nordeste é os estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia, com 1.554.257,0 km²,53.081.950 habitantes.
Região Norte é os estados de Roraima, Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Tocantins com 3.853.397,2 km², sendo a maior região do Brasil, 42% do território com uma população de cerca de 16,3 milhões de habitantes.
região Sudeste  Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro com 924.511,3 km,uma população de 82.364.410 habitantes, 40% da populacão brasileiro. A densidade demográfica é de 89 habitantes por quilômetro quadrado.  
 O Sul do Brasil  os estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul com 576.409,6 km². Sua população é estimada em 28,3 milhões de habitantes.

A primeira vez que tenho conhecimento  do Mapa brasileiro dividido nas cores azul e vermelha  foi no ano de 1989  na eleição presidência  que contava com a disputa entre Lula e Fernando Collor. 
O principal fator do racha profundo deste ano está nas câmeras e nas páginas dos jornais e revistas . Desde o final de novembro de 2014 os programas  discutem o custo Brasil, a falta de investimento em educação, a pouca participação das exportações no PIB.
Se esquecendo da capacidade moral e ética tanto da câmara federal  quanto do senado, mas esperar o que, de uma empresa que logo cedo chama a falar de ética e moral na política anões do orçamento e propineiros da Odebrecht .Muitas vezes provocadas pela mimades do candidato derrotado e garoto propaganda  somada  da incapacidade política da presidenta , claro que e fácil escrever agora , já tendo ouvido as gravações do machado  e o procedimento do Juca Caju no senado e da parceria política ministerial paulista  .
Nesse caldo de panelas e gritos a favor do combate a corrupção sem  turbulência . As conseqüências  foram sentidas na agressividade de discursos e matérias dando a pessoas negócios e empresas , nessa  estrada da vida, pelo fato o tempo mostrou que o dono da Oi não e filho do metalúrgico e nem da filha do coronel tucano do nordeste e muito menos do delator que mudou a delação. A esta altura, é mais fácil assobiar  que  buscar mostrar os nove donos no horário nobre  .
Montagens de fotos, vídeos editados para alteração do sentido, textos que circulam todos os dias. 
Mas democracia é debate, então qual é o problema?
Esta no intuito de enfiar na cabeça dos adversários suas próprias idéias ,  mostrando a imaturidade para o diálogo.
Debater é ouvir o que o adversário está dizendo e refletir a respeito.
Ao exemplo do blogueiro,comentarista e  radialista que detona sem nexo um político e nas horas vagas está com seu candidato assistindo uma partida de futebol.
Na real foi isso o que a mídia transformou a política em um grande jogo de futebol obrigando cada eleitor a escolher um lado num jogo com somente  dois adversários , tornando o mapa nacional 25 anos após novamente nas cores azul e vermelha.
A essa soma de tabelinhas decoradas na TV aberta e fechada com lançamentos semanais das revistas e reproduzidos diariamente nas colunas dos jornais , vem na geral  as redes sociais. São nelas que se proliferam as piores ofensas, a insinuação mais irresponsável, a decepção mais dolorida .Onde o meu candidato recebia propina na Suíça e o ancora da Tv dizia que era caixa 2 , mais caixa 2 não e para utilizar na campanha como que esse dinheiro após a eleição terminada , mas de 2 anos  ainda se encontrava na suíça .O nome disse e propina dinheiro de corrupção para enriquecimento do senador do meu estado  , que  recebeu meu voto , mas continua sendo  candidato, do e da ancora da Tv .
É claro que não há esse ressentimento com todo mundo, mas as redes são uma mostra bem fiel do que a TV aberta propaga.

A mídia só mostra o que é diferente, espetacular.
 Ainda mais quando e interessante para o seu patrocinador .
O que vem pela frente a uma seleta nata de especialistas todos PJs e profissionais liberais crucificando os celetistas .
Numa cruzada moderna onde a religião está mais doutrinada na ressurreição dos bolsos do que na salvação das pobres e perdidas almas .
Este será o enredo do filme de 2017 .