7 de jul de 2018

A queda do Estivador

Acidente ou incidente   tecnológico de grandes proporções no agulheiro do navio de conteineres em terminal de conteineres  no porto de Santos ,causa impacto  social em estivador  incluindo  perda de  locomoção momentânea . 

Fato ocorrido  faz-se necessário investir na prevenção e na preparação  com simulados nas comunidades  de socorro para saber agir nestas perigosas situações  .

 Antes, é fundamental  entender como o estivador caiu do agulheiro numa queda de 4 metros   . para conhecer a percepção de risco de quem está presente nestas áreas diariamente, para então poder melhorar e estruturar programas sobre gerenciamento de risco e sobre comunicação de risco. 

O atendimento de socorro , foi feito pela  tripulação , funcionários do terminal e corpo de bombeiro  entre a imobilização e retirada da embarcação durou mais de   uma hora . 

Lembrando que a dificuldade para retirar do local e depois para ir para terra ,e para infelicidade no momento de saída do terminal pelo portão do 35   havia uma manobra dupla férrea com dudas composições  que fez a ambulância sair por dentro do cais e somente no 33 adentrar na avenida portuária .

O estivador foi levado para a casa de saúde onde passou por exames e detectou um problema no quadril  e por conta disto permanecera em observação no hospital .

 Esperamos a melhora do estivador , mas também esperamos da operadora Portuaria no próximo mês a apresentação desta ocorrência na reunião mensal da cipat Comissão de Prevenção de Acidentes no Trabalho Portuário , para juntos possamos  conhecer a percepção de risco e  a reação do estivador diante do acontecido  e quais serão os procedimentos futuros da empresa para agilizar o socorro e a redução do risco . Abordo da embarcação se encontrava um membro da cipa portuária  que possui bom nível de compreensão sobre possíveis conseqüências destes eventos à segurança, à vida humana e aos recursos naturais e muita disposição para colaborar na ajuda às vítimas e na minimização dos danos sociais. 

3 comentários:

  1. Este trabalho realizado, pelos estivadores, e muito perigoso:
    Principalmente quando a ponte está operando; na mesma bay, ou na do lado:
    EstamiE sujeitos aos seguintes ascidente .
    1- na colocação do varão,cair em agulheiro aberto.
    2 quando a Ponte coloca o container, pode se desprender um varao, que por estar com pressão, é arremessado,
    3 castanha também
    4 quando a Ponte sai ,muitas vezes a iluminação fica prejudicada.
    Quanto aos primeiros atendimentos, ficar atento,aos membros inferiores, se tiver encurtamento dos mesmos, pode ser uma fratura de bacia.
    Sangue interior dos ouvidos, ou nariz, traumatismo craniano
    Priapismo fratura de coluna

    ResponderExcluir
  2. Foi dito tudo acima como também faço esses mesmos trabalhos acho que foi comentado tudo.

    ResponderExcluir
  3. Já não é o primeiro acidente desse tipo mais eu não estava lá nesse acidente, mais agulheiro sem guarda corpo sem anteparas sem sinalização muitas vezes o trabalhador está preocupado com o bom andamento do trabalho e quando vai se tocar já era precisa se fazer uma investigação sobre o caso

    ResponderExcluir