12 de jul de 2018

A sala de Convivência de Rio Grande



A maior aventura de um ser humano é viajar 
Para quem estuda e trabalha no porto não e diferente 
Atravessar o oceano e andar nos portos Europeus, Americanos e Asiaticos 
E uma grande aventura e aprendizado .
E a maior viagem que um estivador  pode empreender
É transformar seu porto .

E o modo mais emocionante ,pois revela que a sua profissão   é apaixonante
Mas se torna  pouco útil  aos gestores do porto  quando  não sabem ler nas entrelinhas
Ai vem a proibição de portar celulares para não mediar a realidade .
Num pais que não aprendeu com a elição de 2014 
Onde os marqueteiros pintaram o Brasil de Dilma e Aécio e a realidade estava ali ,atras dos tapumes nos sets de gravação e infelizmente na área portuária segue-se este procedimento .

Mas o que esta escrito nas entrelinhas 

29.4 CONDIÇÕES SANITÁRIAS E DE CONFORTO NOS LOCAIS DE TRABALHO. 
29.4.1 As instalações sanitárias, vestiários, refeitórios, locais de repouso e aguardo de serviços devem ser mantidos pela administração do porto organizado, pelo titular da instalação portuária de uso privativo e retroportuária, conforme o caso, e observar o disposto na NR-24 (Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais de Trabalho).
 24.3.15.1 As condições de conforto de que trata o item 24.3.15 deverão preencher os seguintes requisitos mínimos: local adequado, fora da área de trabalho, limpeza, arejamento e boa iluminação, mesas e assentos em número correspondente ao de usuários.

Com a palavra o usuário do espaço .
Lhe envio triste e deploráveis fotos da sala de convivência do Porto de Rio Grande , onde mais parece uma cela de presidiário ,  onde os Tpas, como se pode depreender das fotos ficam jogados de qualquer jeito ,sem condições humanas  de convivência .

Aqui em Rio Grande os TPAs possuem uma verdadeira espelunca , onde possui um banco quebrado e pedaços de madeira/compensados atirados pelo chão ,sem condições dos Tpas ficarem .

Convém , salientar que na sala de convivência  de Rio Grande ,alem de sujeira ,existem baganas de cigarro no chão , pela falta de educação de alguns próprios  Tpas que fumam neste local , e ainda , se encontram cachorros , os quais proliferam pulgas e carrapatos .
Em dia de chuva ,a água de algum lugar vaza para dentro da sala .
Desta forma  ,me sinto na obrigação de denunciar a lastimável situação da sala de convivência de Rio Grande , para podermos transformar em um esforço conjunto proporcionar melhores condições , ou no minimo condições humanas dignas de convívio , naquela sala , pois mais  esta para  pardieiro  que sala de convivência .  
Eu, também como  Tpa ,assim como todos os Tpas que trabalham no Porto de Rio Grande , como estivadores, conferentes , arrumadores  e vigias esperamos retorno  e providencias das autoridades .



Nenhum comentário:

Postar um comentário